Osteopatia: O que é e a quem se destina?

O que é a Osteopatia?

Osteopatia é o ramo da medicina que procura resolver a causa da dor, seguindo os fundamentos teóricos da Anatomia e da Fisiologia. É na sua essência uma prática terapêutica conservadora, no sentido de que não pretende alterar nem destruir partes do corpo, o seu objectivo final é o de ajudar a regular o corpo mantendo a sua integridade.

Ao tratar o corpo através de processos físicos manuais e naturais, sem recurso a utensílios ou químicos, os processos de tratamento de Osteopatia, idealmente indolores e agradáveis, permitem poupar o sistema neurológico, intestinal, renal e imunitário de sobrecargas e intoxicações farmacológicas.

A Osteopatia, sendo uma prática terapêutica de aplicação directa, tratando a dor em várias partes do corpo como a cabeça, o pescoço, as costas, a zona lombar, a bacia, as pernas e os pés, permite uma avaliação próxima e aprofundada do estado de Saúde dos pacientes.

A quem se destina?

A Osteopatia destina-se a pessoas de todas as idades e géneros, que apresentem quadros de dor osteomusculares.

Porque precisa da Osteopatia?

1) Dor Cervical

É comum que ter tido, em algum período da sua vida, uma forte dor no pescoço. A origem dessa dor pode resultar de diversos motivos clínicos, nomeadamente com alguma compressão das vértebras cervicais, por alguma descompensação membranosa, por razões traumáticas, ou até poderia ter origens mais ou menos sinistras. Um médico Osteopata poderá indicar qual a origem da sua aflição e, se for do seu âmbito, ajudar a resolver a questão. Caso não seja do seu âmbito, é um profissional habilitado para o encaminhar para um colega da especialidade mais adequada para si.

2) Dor Lombar

Já sentiu alguma dor forte na lombar, até já lhe disseram que tinha a coluna torta, já reparou até que a sua cintura não está nivelada, e tem dores quando está de pé, ou quando começa a andar. Se já sentiu alguma coisa como estas, saiba que a Osteopatia poderá resolver.

3) Dor Ombro

Andou com os filhos ao colo, gosta de trabalhar em bricolage, às vezes até gosta de desportos de acção, mas o seu ombro já não o permite. A Osteopatia avalia deslocações, lesões, e alterações do ombro endereçando uma resposta rápida podendo eliminar a causa da dor. Como avaliamos poderemos também reencaminhar se for o caso.

4) Dor Extremidades

Que bom foi fazer aquela caminhada. Fazer desporto anima e relembra os velhos tempos, mas se os pés doem, os tornozelos doem e agora custa a andar, começou a doer o pulso sem ter havido um impacto, mesmo depois dos cremes, comprimidos não passou talvez esteja na altura de visitar um Osteopata.

5) Alterações vasculares

Começou a sentir tonturas, outras vezes não se lembra das coisas que deveria lembrar-se, e os seus ouvidos não lhe permitem ouvir correctamente, e as dores de cabeça são frequentes. Estes sintomas podem ser reduzidos ou eliminados após a consulta do seu osteopata.

6) Tensão das membranas do tórax

Nota que a respiração é difícil, tem dor no peito e sente-se cansado, sente o pulsar do coração é altura de marcar consulta com o seu Osteopata.

7) Disfunções abdominais viscerais

Tem dores abdominais frequentes que lhe provocam obstipação e flatulência, sente que não faz bem a digestão, até tem pontos dolorosos que não passam será altura para contratar um Osteopata.

8) Dor localizada

Tem dificuldades em descansar, dormir, tem dores na superfície da cabeça por ter tido algum acidente, disseram-lhe que o seu nascimento foi complicado mas nunca pensou que isso estivesse relacionado com as suas dores de cabeça, tem cicatrizes que sempre que o tempo muda dão sinal, e aquele ponto de dor na mão ou no pé em que já fez tudo e não deixa de doer. Consulte um osteopata para poder melhorar.

Saiba mais sobre Osteopatia:

https://www.medicalnewstoday.com/articles/70381.php#benefits

https://www.healthline.com/health/what-is-an-osteopath#md-or-do